A POSIÇÃO DE BRUÇOS É ESSENCIAL PARA O BEBÊ

O CORPO FALA
20 de agosto de 2017
SAÚDE NO MUNDO PERVERSO
3 de setembro de 2017

A POSIÇÃO DE BRUÇOS É ESSENCIAL PARA O BEBÊ

A criança nasce com poucas habilidades motoras: falta-lhe destreza, coordenação, equilíbrio, domínio do corpo, orientação espacial. Porém, essas faltas não representam defeito ou problema, mas, uma limitação natural da idade, uma imaturidade, por ainda não estar pronta para realizar determinadas funções. Assim, é preciso entender que a capacidade motora da criança, ainda que limitada, é perfeita, dentro das realizações esperadas para cada idade. Ao nascer, a criança traz consigo todo potencial para se desenvolver plenamente e alcançar independência e autonomia, através da aquisição de todos os movimentos. Para isso, basta, apenas, ser adequadamente estimulada, ter oportunidade de exercitar, treinar seu corpo, movimentar-se livremente, para conquistar as habilidades do presente e capacitar-se para realizar as aptidões subsequentes, cada vez mais complexas. O grande impedimento para essa conquista valiosa tem sido a falta de conhecimento dos pais, que, assim, deixam de proporcionar os estímulos certos que a criança precisa, em para cada idade. Estímulos simples, porém, decisivos para os melhores resultados.

UM BOM COMEÇO
O primeiro e mais importante estímulo motor que os pais devem proporcionar à criança, desde o primeiro dia de vida é, frequentemente, colocá-la de bruços. Nessa postura a criança vai realizando a extensão da cabeça, dobrando-a para traz. A repetição desses movimentos vai fortalecendo a coluna cervical e a criança passa a ser capaz de firmar e controlar a cabeça.

ALICERCE SEGURO

A importância de proporcionar esse primeiro estímulo de colocar bebê de bruços é o fato de ser o preparo para que aqueles que virão depois aconteçam no tempo e da maneira certos: rolar e dominar os movimentos da cintura escapular, dos braços e das mãos.

PADRÃO ELEVADO
A criança bem estimulada, frequentemente colocada de bruços, todos os dias, várias vezes ao dia e desde que nasce, conquista elevado padrão de habilidade motora, observado através do domínio perfeito que estabelece sobre seu corpo.

CONQUISTAS SUCESSIVAS
As habilidades motoras de destreza, equilíbrio, orientação espacial, coordenação de movimentos são muito melhores instaladas nas crianças que têm oportunidade de treinar a extensão da cabeça.

ALÉM DOS MOVIMENTOS
Além do benefício motor, a posição de bruços tem outras vantagens importantes: faz a criança sentir-se mais segura, por ter os braços e o corpo melhor apoiados e contidos, como no útero.

MAIS BENEFÍCIOS
A posição de bruços favorece o esvaziamento do estômago ao facilitar a passagem do alimento para o intestino; e a eliminação de gases intestinais, evitando as cólicas.

SEM PERIGO
De bruços, o bebê sempre gira a cabeça para um lado: não existe nenhum risco de sufocação. Quando examino um bebê, coloco-o de bruços com o nariz na cama para mostrar aos pais que, imediatamente, ele gira e mantém a cabeça para o lado.

 PREJUÍZOS
Não colocar a criança de bruços, desde o nascimento, prejudica seu desenvolvimento motor e a aquisição de suas habilidades dentro um melhor padrão de qualidade.

 

ESTÍMULOS NECESSÁRIOS
Adequados e oportunos estímulos das habilidades motoras são fundamentais para o desenvolvimento global da criança. Influencia positivamente, inclusive, na aquisição de independência, autonomia, autoconfiança.

GRANDE POTENCIAL
Com essa abordagem, quero chamar a atenção dos pais para a importância de proporcionar os estímulos certos para que a criança possa manifestar todo seu potencial de desenvolvimento.

Dr. Belmiro d'Arce
Dr. Belmiro d'Arce
Dr. Belmiro d'Arce fala sobre a importância de promover a saúde em todos os meios, inclusive na gestão de empresas. É médico pediatra, professor, empresário, orientador e palestrante.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *